PROBLEMAS DE SAÚDE COMUNS E SEUS TRATAMENTOS

PROBLEMAS DE SAÚDE COMUNS E SEUS TRATAMENTOSSem dúvidas a expectativa de vida vem aumentando com o passar dos anos. Se hoje a expectativa de vida ao nascer, no Brasil, é de 75,2 anos, houve época, no Brasil colonial, em que ela não passava de 45 anos.

Certamente estamos vivendo mais, porém, vem a questão: estamos vivendo melhor? Aparentemente, quem chega à velhice, atualmente, o faz com muitos problemas de saúde, muito frequentemente vemos idosos que sobrevivem à base de medicamentos controlados.

Com alguma observação e estudo, pode-se entender que, no passado, aqueles que chegavam à velhice, o faziam com mais saúde do que atualmente, mesmo porque não haviam tantos medicamentos para manterem vivos os de saúde precária.

Chegar à velhice com saúde é o desejo de todos, mas, infelizmente, não é tão simples assim. Muitas pessoas só começam a pensar na velhice quando ela chega e já abusaram muito do corpo, causando problemas de saúde irreversíveis.

Sem abordar as doenças que mais matam no país, no meio em que convivo, todos concordam que, quem chega até a velhice, muito provavelmente, vai ter alguns dos problemas de saúde abaixo:

  1. CABELO  – Queda de cabelo/calvície é um problema, na maioria dos casos, típico de homens, não obstante possa atacar mulheres também. Segundos os especialistas, diariamente, uma pessoa pode perder até 150 fios de cabelo. O problema é quando esse número começa a aumentar e não nascem novos fios para repô-los. Mesmo os médicos não são unânimes quanto às causas da queda de cabelo, mas, frequentemente, apontam doença autoimune (alopecia arreata), produtos químicos, tabagismo, envelhecimento, antidepressivos, hereditariedade, falta de vitaminas do complexo B, estresse, anemia, alteração hormonal e dietas rígidas.
  2. OLHOS – As doenças dos olhos mais comuns são miopia, hipermetropia, astigmatismo, presbiopia, conjuntivite, olhos seco, seratocone, pterígio terçol e calázio, glaucoma, catarata, retinoplastia diabética e degeneração macular relacionada com a idade. Felizmente, a medicina ocular está bem avançada e praticamente todos esses problemas podem ser resolvidos quando tratados a tempo, a base de remédios ou cirurgias. O Dr Lair Ribeiro recomenda a ingestão diária de ovos caipiras que contém luteína, substância para evitar degeneração dos olhos, mesmo em idade avançada.
  3. DENTES – Os dentes são ferramentas de uso diário, além de serem responsáveis pelo sorriso que tem grande poder nas relações sociais. Afecções mais comuns são mau hálito, gengivite, cárie, sensibilidade, placa bacteriana e problemas ortodônticos. Infelizmente, por mais cuidadosos que sejamos, é praticamente impossível viver sem ir ao dentista periodicamente. Prevenção seria o melhor remédio, se tivéssemos começado a consultar o dentista desde cedo. Aprender a escovar e usar o fio dental corretamente (pasmem, muitos adultos não sabem) é um grande diferencial.
  4. COLUNA – As doenças de coluna mais comuns são lombalgia (dor na lombar), artrose, hérnia de disco, escoliose, espondilolistese lombar e espondilite anquilosante. Aqui também, o melhor remédio ainda é a prevenção, sendo pilates e hatha yoga as duas atividades mais recomendadas pelos médicos para manter uma coluna flexível e saudável.
  5. OBESIDADE – Cerca de metade da população brasileira está acima do peso. Obesidade é um problema muito sério, mas que está se tornando muito comum. Com ela, advêm vários problemas de saúde, que pioram com a velhice. Aqui também, o melhor remédio é a prevenção. Uma vez estabelecida a obesidade, emagrecer é difícil e mais difícil ainda é manter-se magro. Cortar (ou mesmo reduzir) alimentos como glúten, açúcar e sal refinados e seu derivados e alimentos com muitos produtos químicos, além de exercícios físicos regulares são medidas que beneficiam a todos.
  6. DISFUNÇÃO SEXUAL – Impotência e ejaculação precoce são os principais problemas que acometem a sexualidade masculina, enquanto frigidez caracteriza a falta de desejo sexual da mulher. Ainda há algum tabu em se falar de questões sexuais, mas, uma vida sexual ativa e saudável contribui para o bem-estar e felicidade. Felizmente, atualmente, está bem mais fácil resolver estas questões com produtos como o xtramaster ou xtrasize funciona sem ter que apelar para remédios que trazem consigo efeitos colaterais.

 

Um dos médicos que eu mais admiro no mundo é  Dr. Lair Ribeiro. Abaixo tem um vídeo dele com preciosas informações sobre alimentação, medicina e tratamento.

Espero que este post tenha servido para lhe aguçar a curiosidade e lhe estimular a pesquisar e estudar mais sobre cuidados com a própria saúde.

Aquele abraço!


One Comments

  • CarlosSilva

    01/21/2017

    quero parabenizar pela controtrução desse artigo,que tem muita informação util,que vem a nós leitores estar bem imformado do dia a dia.muto obrigado pela imformação.

    posso dilvulgar nas rede socias?

    Reply

Deixe uma resposta